Bom dia • 22/05/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
7 de novembro de 2017 às 23:31
Sem comentários
Comente agora

Valadares solidariza-se com vítimas de acidente em escola de Dores

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) ocupou a tribuna do Senado, nesta tarde, para transmitir condolências aos familiares das crianças vítimas da caixa d’água que caiu no telhado da Escola Municipal Professor Osman dos Santos Oliveira, no Povoado Campo Grande, em Nossa Senhora das Dores. Duas crianças morreram e 18 pessoas ficaram feridas, sendo 11 crianças. “Me solidarizo com o prefeito Thiago Santos e o vice, Ítalo Rodrigues, por esse acontecimento trágico. Que o Ministério Público e a Justiça façam as investigações devidas e punam os responsáveis”, disse.

O senador, também, aproveitou a oportunidade para falar sobre temas de interesse de Sergipe.

UVAS EM SERGIPE

Valadares destacou emenda parlamentar de sua autoria que destinou recursos para a produção de uvas no sertão sergipano. Em dezembro, o Estado terá a primeira colheita das uvas das variedades violeta e isabel. O feito é resultado de pesquisa experimental da Embrapa-Petrolina em Canindé do São Francisco e Poço Redondo. “A expectativa é de formação de uma grande cadeia produtiva de negócios, abrangendo desde a comercialização in natura à venda da matéria-prima para produção de vinho e suco”, comemorou.

NOVEMBRO AZUL

O senador, também, reforçou a importância do Novembro Azul. Há nove anos, a campanha alerta sobre a importância da realização de exames preventivos do câncer de próstata.  Valadares é autor de proposta, que originou a Lei 13.045 de 2014, inserindo a realização de exames preventivos entre as ações básicas de saúde do SUS. “Tenho especial orgulho de ter atuado para ampliar as chances de tratamento da nossa população”, afirmou.

PEC DA ÁGUA

Valadares, também, solicitou o apoio dos senadores para a Proposta de Emenda à Constituição (Pec) nº 35 de 2017, que insere a garantia à água e também ao saneamento básico no rol dos direitos sociais, elencados no art. 6º da Constituição Federal. Para o senador, essa garantia é importante, pois no Brasil o acesso muitas vezes é considerado questão de caridade ou abordado como um serviço de prestação facultativa. “Essa situação precisa acabar. Pois, a água é a essência da vida e da saúde, um bem irrenunciável, e seu acesso é fundamental para a dignidade de todos”, disse.

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem