Bom dia • 19/01/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
20 de outubro de 2017 às 23:46
Sem comentários
Comente agora

VALADARES DEFENDE RECURSOS PARA O CANAL DE XINGÓ

Bancada Federal de Sergipe se reuniu, nesta terça-feira (17), para decidir as emendas da bancada para o orçamento de 2018. Os deputados e senadores escolheram as duas emendas impositivas que o Estado tem direito.

Antes da aprovação do acordo em torno das emendas impositivas, o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) falou sobre vários eventos em que o governador de Sergipe Jackson Barreto defendeu a proposta do Canal de Xingó como obra prioritária para desenvolver o Sertão Sergipano, inclusive provocando reunião com o líder do governo, deputado André Moura com a presença de membros da bancada para cobrar providências sobre o início da execução da obra.

Valadares considerou como importante uma emenda impositiva para os municípios de Sergipe, destinando recursos através da Codevasf, mas estranhou a falta de iniciativa do governo em favor do Canal de Xingó como havia se manifestado em tantas outros encontros e pronunciamentos. “O projeto básico já foi finalizado e licitado, e, agora, só aguarda o aporte de recursos para dar início às obras”, disse o senador Valadares.

Terminou que por acordo da maioria da bancada, o que prevaleceu foram duas emendas, sendo uma do governo JB para a saúde e outra para a Codevasf destinada a atender a 41 municípios. O senador Valadares defendeu a continuidade de investimento para o Canal de Xingó, obra tão sonhada pelos sertanejos que iria beneficiar mais de 300 mil sertanejos.

 “Essa obra é uma obra de todos os sergipanos, pois vai ajudar a resolver um dos problemas mais sérios da região que é a seca, trazendo desenvolvimento para nosso Estado”, disse. Ele lembrou que investimentos na ordem de R$ 80 milhões, 50% das emendas individuais, já vão para a área de saúde e se distribuídos de forma proporcional poderiam contemplar todo o Estado. Apesar da defesa de Valadares, os parlamentares não escolheram a emenda de Xingó como impositiva.

Valadares, mesmo diante do resultado, apresentou à bancada uma emenda no valor de R$ 150 milhões para o Canal de Xingó, como anunciou a apresentação de duas emendas no valor de R$ 300 milhões para a CDR do Senado e da CMO. O senador afirmou que o projeto Xingó, que já cumpriu todas as etapas para seu início, precisa apenas de apoio financeiro para para início das obras.

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem