Bom dia • 25/04/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
7 de julho de 2015 às 09:43
Sem comentários
Comente agora

Justiça Federal reconhece carga horária dos jornalistas em 25 horas semanais

Depois da vitória na ação contra os Correios, os jornalistas sergipanos conseguiram mais uma vitória no serviço público. A Justiça Federal em Sergipe atendeu o pleito da categoria e determinou que a EBSERH em Sergipe reduza a carga horária dos jornalistas da empresa pública das atuais 40 horas semanais para 25 semanais, como determina o Decreto-Lei 83.284 de 1979, que regulamenta a profissão de jornalista.

 

A empresa não respeitava a carga horária de 25 horas alegando que o cargo oferecido no concurso público foi pra Analista em Jornalismo e não Jornalista, uma forma encontrada para tentar burlar a regulamentação da categoria.

 

“Essa é mais uma vitória dos jornalistas sergipanos que trabalham no serviço público em Sergipe. Em breve, teremos novidades sobre os jornalistas do Estado que trabalham nas Assessorias de Imprensa e são contratados como Assessor Técnico ou Assessor Político, outra modalidade para burlar a nossa legislação”, diz Paulo Sousa, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE).

 

O SINDIJOR-SE já tinha notificado a EBSERH, o Hospital Universitário (HU) e a Universidade Federal de Sergipe (UFS) sobre o erro encontrado no edital do concurso, realizado no ano passado. Em resposta ao Sindicato, a EBSERH havia informado que o concurso era pra Analista e não pra Jornalista.

Ascom SINDIJOR-SE

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem