Bom dia • 20/02/2019

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
15 de janeiro de 2019 às 05:54
Sem comentários
Comente agora

Hemose investe em estratégias para captar doadores e manter estoque regular

De acordo com dados do sistema hemovida, nessas duas primeiras semanas a unidade realizou 1.080 atendimentos com 798 coletas efetivadas

Hemose_Fotos- Ascom-SES_01 Hemose_Fotos- Ascom-SES

O serviço de Captação de Doadores do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) intensifica o trabalho para ampliação das doações de sangue durante o mês de janeiro. De acordo com dados do sistema Hemovida, nessas duas primeiras semanas a unidade realizou 1.080 atendimentos com 798 coletas efetivadas.

“As doações se mantém em um nível estável. Se levarmos em consideração que estamos há menos de quinze dias do início ano e retornamos de alguns feriados prolongados. Atualmente, o setor de captação está trabalhando em consonância com o call center do Banese, convocando os doadores de sangue mais raros, que são aqueles de fator Rh negativos”, explicou a gestora do setor, Josceline Souza.

Conforme a assistente social, outra estratégia para buscar a ampliação das doações são as campanhas. Ela contou que os grupos estão retomando a rotina para agendar as doações conjuntas. “Iniciamos janeiro com duas campanhas e já estamos com dez grupos. Esse é um movimento importante para o serviço que busca a fidelização de doadores regulares, que doem cumprindo os intervalos previstos na legislação, homem a cada três meses e a mulher a cada quatro meses”, justificou a gerente.

A profissional lembra que embora as doações estejam atendendo à demanda da rede hospitalar, o período requer preparação. “Diariamente, contamos com a colaboração de voluntários saudáveis e dispostos em contribuir com o ato solidário de doar sangue”, ressaltou a gerente de Captação do hemocentro de Sergipe ao frisar. “As doações de sangue atendem à rotina de tratamento dos pacientes. por isso, que o trabalho da captação é diário. No setor, os profissionais visualizam os estoques no laboratório de produção e dispensação, em seguida verificamos os grupos sanguíneos que precisam ser ampliados para composição do atendimento regular e de segurança”, detalhou Josceline.

Serviço

Para ser um doador de sangue é preciso estar bem de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade, ter mais de 50 quilos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal. O documento está disponível para download no site: www.hemose.se.gov.br. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Fonte: www.agencia.se.gov.br

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem