Bom dia • 10/12/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
27 de novembro de 2018 às 23:58
Sem comentários
Comente agora

ARTIGO: A UFS EM SIMÃO DIAS

Em quaisquer circunstâncias, a gratidão deve ser sempre manifestada. Ao longo de nossa gestão à frente da Universidade Federal de Sergipe, temos sabido demonstrar gratidão a quem nos tem ajudado de uma ou de outra forma. Aliás, temos nos servido das páginas do JORNAL DA CIDADE para a publicação de artigos, alguns dos quais com manifestações de apreço e reconhecimento a pessoas que têm envidado esforços em benefício de nossa comunidade acadêmica.

Ao longo dos últimos anos, o senador Antônio Carlos Valadares e o deputado federal Valadares Filho têm beneficiado a Universidade Federal de Sergipe com a alocação de emendas parlamentares destinadas à construção da Pista de Atletismo de alto rendimento, que foi construída no Campus de São Cristóvão, e para a edificação do Centro de Reabilitação e Qualidade de Vida – CRQV, na cidade de Simão Dias, como extensão inicial do Campus de Lagarto.

Abrimos um parêntese para lembrar que a construção da Pista de Atletismo custou R$ 5.283.631,98. A pista antiga era de saibro, e foi construída na década de 1970. A nova pista possui oito raias em material sintético com certificação internacional Classe 2 pela IAAF. Sem o empenho dos dois parlamentares citados, não teríamos essa moderna pista, que deu nova vida às atividades dos nossos alunos de Educação Física, mas também servindo à comunidade em geral.

Retornando ao CRQV de Simão Dias, é bem verdade que não tivemos sorte, de início, com a contratação da empresa vencedora da licitação, para a construção da obra. Agora, a situação tem se apresentado bem melhor. A empresa atual, sucessora da primeira, tem se desdobrado para tocar a execução da obra, a fim de entregá-la no prazo estipulado, ou seja, no fim de 2019. Será um feito memorável para a UFS e um ganho inestimável para a população de toda a região Centro-Sul do estado, e não apenas de Simão Dias.

Os recursos destinados à Universidade Federal de Sergipe pelos dois parlamentares simão-dienses, para a obra do Centro de Reabilitação e Qualidade de Vida, somam cerca de R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reais), afora, claro, os recursos que foram utilizados na construção da pista de atletismo, como foi declinado acima. Os referidos parlamentares federais não mediram esforços para a destinação e para a liberação dos recursos mencionados. Podemos deixar de ser gratos, como o temos feito em relação a outros parlamentares? É evidente que não.

A Universidade Federal de Sergipe haverá de ser sempre grata àqueles que, sem esperar contrapartida eleitoral, ajudam-na a manter-se e a ampliar seus serviços. Do mesmo modo, com certeza, ao término da obra e com a ativação dos serviços que ali serão prestados, a comunidade de Simão Dias também saberá ser grata aos dois filhos daquela terra.

No CRQV de Simão Dias serão implementados serviços integrados de reabilitação em diversas áreas (Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional). Além disso, será ofertada uma linha de cuidado que abrangerá o atleta de alto rendimento, com uma eficiente e eficaz infraestrutura, que auxiliará no cuidado integral do atleta.

O projeto da obra em Simão Dias, a cargo dos técnicos do Setor de Obras da Superintendência de Infraestrutura da Universidade Federal de Sergipe, é, sem dúvida, um dos mais belos projetos levados a efeito pela nossa Universidade, concebido, inclusive, para ser sustentável.

Temos dito em oportunidades diversas e, notadamente, em artigos publicados nesse conceituado matutino, que, como não poderia deixar de ser, a Universidade Federal de Sergipe, como, ademais, qualquer outra Instituição de Ensino Superior pública, não se prestaria para fazer proselitismo político ou ideológico tendo em consideração este ou aquele agente político, do Legislativo ou de Executivo. A UFS, através de seus gestores, tem o dever de demonstrar preitos de gratidão a quem não tem medido esforços para ajudá-la. É o que temos feito. É o que estamos fazendo. É o que jamais deixaremos de fazer.

Angelo Roberto Antoniolli/reitor da Universidade Federal de Sergipe/

Publicado no Jornal da Cidade desta terça, 27 de novembro de 2018

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem