Bom dia • 23/10/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
24 de setembro de 2018 às 23:42
Sem comentários
Comente agora

CAGED: Emprego formal recua em Sergipe em agosto

Estado fechou mês com redução de 593 postos

 

Sergipe fechou o mês de agosto com redução no saldo de empregos, devido ao fechamento de 593 postos formais, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho na última sexta-feira (21). O resultado representou uma variação de -0,21% no estoque total de empregos em relação a julho. Foram 6.969 admissões e 7.562 desligamentos no período.
Os setores que mais influíram no resultado foram a Indústria de Transformação, com o fechamento de 531 postos de trabalho, e a Agropecuária, com 222 vagas encerradas.

EVOLUÇÃO DO EMPREGO POR SETOR DE ATIVIDADE ECONÔMICA        
ESTADO: SERGIPE        
                         
  AGOSTO/2018 NO ANO EM 12 MESES
SETORES TOTAL ADMIS. TOTAL DESLIG. SALDO VARIAC. EMPR % TOTAL ADMIS. TOTAL DESLIG. SALDO VARIAC. EMPR % TOTAL ADMIS. TOTAL DESLIG. SALDO VARIAC. EMPR %
EXTRATIVA MINERAL 6 17 -11 -0,38 103 265 -162 -5,30 220 343 -123 -4,08
INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO 782 1.313 -531 -1,30 8.147 10.645 -2.498 -5,83 14.186 15.323 -1.137 -2,74
SERV INDUST DE UTIL PÚBLICA 94 41 53 0,90 790 550 240 4,21 1.169 751 418 7,57
CONSTRUÇÃO CIVIL 841 845 -4 -0,02 6.653 6.033 620 3,49 9.265 9.555 -290 -1,55
COMÉRCIO 1.682 1.652 30 0,05 12.615 14.019 -1.404 -2,17 19.878 19.860 18 0,03
SERVIÇOS 3.222 3.139 83 0,06 24.684 23.744 940 0,72 35.048 34.128 920 0,71
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 26 17 9 0,11 82 217 -135 -1,67 219 359 -140 -1,73
AGROPECUÁRIA 316 538 -222 -2,32 2.099 4.054 -1.955 -17,23 5.352 5.212 140 1,51
TOTAL 6.969 7.562 -593 -0,21 55.173 59.527 -4.354 -1,54 85.337 85.531 -194 -0,07
FONTE: MTE-CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS-LEI 4923/65

 

Desempenho nacional

O emprego formal no Brasil cresceu no mês de agosto, com a abertura de 110.431 vagas – variação de +0,29%, em relação ao mês anterior. A alta durante o período foi resultado de 1.353.422 admissões e 1.242.991 desligamentos.

O crescimento do emprego formal ocorreu em sete dos oito setores econômicos. O segmento com maior alta foi o de Serviços, com 66.256 postos de trabalho. Comércio, com 17.859 postos, Indústria de Transformação (15.764 postos) e Construção Civil (11.800 postos) foram outros destaques.

Também tiveram alta os setores de Serviços Industriais de Utilidade Pública (Siup), com 1.240 novos postos, Extrativa Mineral (467 postos) e Administração Pública (394 postos). O único setor com variação negativa foi o de Agropecuária (-3.349).

 

Desempenho regional
O saldo de empregos formais de agosto foi positivo nas cinco regiões do país. O Sudeste teve 41.303 novas vagas (+0,21). Em seguida aparecem o Nordeste, com 36.460 postos (+0,59); o Centro-Oeste, com 13.117 novas vagas (+0,41); Sul, com 10.243 postos (+0,14); e Norte, com 9.308 postos (+0,54%).

 

Assessoria de Imprensa/Ministério do Trabalho

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem