Bom dia • 10/12/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
18 de maio de 2018 às 15:00
Sem comentários
Comente agora

TCE mapeia obras paralisadas em Sergipe e inicia trabalhos de auditoria

​O Tribunal de Contas do Estado (TCE), por meio da Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços (Dceos) e da Coordenadoria de Engenharia, concluiu levantamento acerca das obras que encontram-se paralisadas em todo o Estado para dar início a uma série de auditorias que irão esclarecer os motivos das paralisações e verificar se houve prejuízo causado ao erário.
De acordo com a diretora da Dceos, Ana Stella Porto, o trabalho inicial terá foco em 70 obras selecionadas através de critérios como a relevância do empreendimento, volume de recursos, cunho social,  e indicativos de irregularidades.
Alguns exemplos são a Drenagem e Pavimentação de ruas no bairro Farolândia; a complementação da construção do canal Beira Mar (bairros Aeroporto e Coroa do Meio); construção da Ponte sobre o Rio Fundo, no município de Estância; e a recuperação da Ponte do Rio do Sal, na divisa Aracaju/Nossa Senhora do Socorro, dentre outras.​
Procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello parabenizou o conselheiro-presidente Ulices Andrade pela iniciativa durante a sessão plenária desta quinta-feira, 17. “Entrei em contato com o corpo técnico da Dceos e vi que já há esse mapeamento e ações em andamento”, comentou o procurador-geral.
“Em breve tempo este trabalho trará um diagnóstico especialmente voltado ao resultado; do tipo, quais são os motivos da paralisação, aquelas obras cuja paralisação pode causar prejuízo ao erário, enfim, aquilo que seria uma provocação, vimos que não há necessidade porque o Tribunal já está trabalhando nesse sentido”, concluiu Bandeira.

 

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem