Bom dia • 21/09/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
4 de fevereiro de 2016 às 12:47
Sem comentários
Comente agora

Valadares inicia ano legislativo defendendo reformas no sistema partidário e de governo

valadares_02-16--1

Na retomada dos trabalhos legislativos, o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) afirmou que será um ano de grandes desafios, onde o País terá que demonstrar verdadeira capacidade de superação. Para ele, o Congresso Nacional inicia mais um ano legislativo com o desafio de fazer as reformas necessárias para que o País encontre um rumo sustentável para desenvolvimento.

Valadares acredita que, apesar de termos pela frente, problemas urgentes e imediatos como o ajuste das contas públicas, a retomada do crescimento econômico, a manutenção de empregos, e questões que vão do enfrentamento do Aedes aegypti à preparação para as Olimpíadas, é necessário realizar reformas em nosso sistema partidário e de governo. “É um tema que é crucial para a garantia de estabilidade no médio e longo prazo, eficiência e legitimidade democrática na ação estatal”, defendeu.

Segundo ele, o surgimento de tantos partidos políticos, no País, deve ser objeto de uma análise crítica. Valadares lembrou que o pluralismo político é um dos pilares de nossa democracia. Mas, argumenta que um pluripartidarismo extremado, com um Congresso Nacional fragmentado, legendas sem identidade própria e sem qualquer identificação com o eleitor, impõe grandes desafios à governabilidade do País. “Precisamos avaliar a participação do Poder Judiciário e as constantes ações e omissões do Poder Legislativo que têm contribuído para distorcer o nosso frágil e movediço sistema partidário”, afirmou.

Para Valadares, para assegurar a estabilidade de nosso regime democrático, é necessário o fortalecimento da identidade dos partidos políticos, que inclui a redução do número de partidos existentes e passa pelo debate sobre instrumentos como a cláusula de desempenho e o fim das coligações.

O senador disse que apesar de todas as adversidades, deseja que o ano produtivo seja produtivo. “A crise tem feito chegarem à pauta propostas polêmicas, que demandam diálogo e, em geral, soluções difíceis, que raramente contarão com o consenso da sociedade. Que possamos ter, aqui, debates travados com respeito e elevado espírito público, e que as diferenças aqui existentes sirvam, ao final, tão somente para dar mais qualidade e fortalecer o resultado de nossos trabalhos. Que demonstremos, pelo diálogo e trabalho republicano, que é possível encontrar convergência no interesse maior da Nação”.

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem