Bom dia • 24/09/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
11 de novembro de 2015 às 17:52
Sem comentários
Comente agora

Senador Valadares acredita que solução da crise econômica exige uma resposta política

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) ocupou a tribuna novamente, nesta tarde, para manifestar a sua preocupação com o cenário de crise que o País está enfrentando. Para ele, a crise econômica que vem se tornando social é, sobretudo, uma crise política.

Valadares expôs projeções e destacou reportagens que apontam as dificuldades que o Brasil enfrenta e enfrentará nos próximos anos. Mas, se deteve no que considera a questão para a saída dessa crise.  “Sair da crise, hoje, exige uma resposta política. É a crise política que, atualmente, tem afetado a confiança dos investidores, empresários e consumidores, e impedido a retomada do crescimento”, explicou.

Para o senador caberá, portanto, à classe política (e não a economistas, técnicos ou especialistas) decidir a solução da crise, construindo caminhos que componham os conflitos, de modo que não se tenha só ganhadores de um lado e perdedores de outro. “O Congresso Nacional é a caixa de ressonância dos interesses da população brasileira. Devemos sempre nos lembrar disso, mas atentos de que aqui falam os poderosos interesses econômicos e falam os interesses imediatos do povo, inclusive de suas parcelas mais vulneráveis”, disse.

Valadares acrescentou que o que se precisa é de uma grande aliança, uma concertação nacional em prol do futuro do País, que reúna partidos políticos, intelectuais, representantes da sociedade civil e do empresariado. “A partir disso, aí sim poderemos passar à agenda da produtividade, discutindo a reforma do Estado, a simplificação dos impostos e as estratégias de médio e longo prazo para o desenvolvimento do País”, ressaltou. Para o senador, é a hora do diálogo e da negociação. “Precisamos de estadistas, não de demagogos. De líderes consistentes, não de oportunistas e aventureiros”, concluiu.

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem