Bom dia • 18/12/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
3 de novembro de 2015 às 08:41
Sem comentários
Comente agora

Em reunião com SINDIJOR, Messias Carvalho defende concurso para jornalista na Fundação Aperipê

 

sindjor_03-10-15

 

Diretores do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE) estiveram reunidos com o presidente da Fundação Aperipê (formada pelas rádios e TV Aperipê), Messias Carvalho, para discutir a reestruturação da TV Aperipê e a realização de concurso público para jornalistas e demais trabalhadores da área da comunicação.

Após ouvir atentamente as reivindicações dos representantes do SINDIJOR e do Coletivo Intervozes, que integrou a comissão do sindicato na audiência, o presidente da Fundação Aperipê se comprometeu em criar um grupo de trabalho para discutir a reestruturação da televisão, além de colaborar com a programação das emissoras.

“É importante essa reunião para que possamos traçar um cronograma de reuniões para discutirmos e construirmos juntos uma programação voltada para os interesses da sociedade sergipana, sempre com foco na educação, na cultura e no Jornalismo cidadão”, disse Messias Carvalho, acrescentando que defenderá a realização de concurso público para as emissoras públicas.

“Quero informar ao SINDIJOR que já solicitamos um relatório sobre o número de vagas para todos os cargos disponíveis na Fundação Aperipê, principalmente jornalista. Entendo a preocupação do SINDIJOR que, aliás, desde o primeiro dia que assumi a presidência esta foi uma das reivindicações do Sindicato. E eu quero, juntamente com o SINDIJOR, construir este tão sonhado concurso público, que considero um pleito justo dos que fazem a Diretoria do Sindicato dos Jornalistas”, declarou Messias.

Para o presidente do SINDIJOR, Paulo Sousa, além da reestruturação das rádios e TV Aperipê, o concurso público é uma das principais bandeiras de luta do Sindicato.

“Saímos otimistas desta reunião com o presidente da Fundação Aperipê, até por que ele assumiu o compromisso conosco de solicitar do Governo do Estado concurso público para a Fundação. Pelo que foi informado, acredito que até o final do ano que vem já estejamos elaborando o edital. A princípio se falou em uma média de 80 vagas para o concurso, sendo a maioria para o cargo de jornalista em todas as suas áreas. O importante é que um grupo de trabalho será formado para discutir e planejar o concurso”, comemora Paulo Sousa.

Ao final da reunião, Messias Carvalho aceitou a proposta apresentada pelas entidades de formação de um Grupo de Trabalho para iniciar o processo de discussão coletiva sobre o caráter público da Fundação Aperipê, a partir dos seguintes eixos: concurso público e direito trabalhista; gestão participativa; financiamento e programação.

Além do presidente do SINDIJOR, participaram da reunião o vice-presidente Edmilson Brito e o Diretor de Relações Institucionais, Paulo Victor. A publicitária Carol Westrup, representante do Coletivo Intervozes, também esteve presente a reunião. 

Ascom SINDIJOR/SE

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem