Bom dia • 21/06/2018

Frase da Semana:
"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Fp 4.13).
2 de agosto de 2015 às 09:29
Sem comentários
Comente agora

Vasco fechará as portas

DOIS TOQUES – LEÓ FILHO

 

1 – O Vasco, do Rio, anuncia que pode fechar as portas , impossibilitado de pagar  suas dívidas trabalhistas. Enquanto o Presidente que deixa não for responsabilizado  pelo “rombo” financeiro, legado aos clubes atuantes  com futebol, as agremiações vão se acabando. Assinam contratos e fazem  dívidas que não podem ser cobertas pela receita, deixando a agremiação em maré baixa. Somatório de dívidas impagáveis ao novo Presidente que chega não tem outra saída senão  pelo menos ameaçar o encerramento das atividades.  Que fase passa o Vasco!!! – No Brasileiro não sai da zona de rebaixamento. A coisa piorou com mais  uma cobrança  judicial trabalhista vindo se somar as inúmeras  ainda não foram pagas pelo Vasco de “caixa baixa” sem condições de honrar os compromissos. Até  Eurico  Miranda ameaça pedir afastamento da Presidência.

2 – Enquanto o time de uma das maiores torcidas do Brasil, Vasco,  carrega saco de problemas, o daqui,  Confiança não é diferente, mas o Presidente Luiz Roberto , com todo chororô, na  liderança de uma equipe competente, levou o Confiança para Arapiraca  sem Everson jogando, acreditando que o goleiro Rafael seja a grande expectativa. Logo  agora quando os proletários deslancharam no Brasileiro surge o Ceará e leva Everson. Confiança na quinta posição luta para ingressar no G-4 da C, aparecendo clubes com mais “reais” e começam o desmanche de uma equipe marcada pelas eficientes últimas atuações derrubando o Salgueiro e Fortaleza. Felizmente não vem acontecendo com o Estanciano que joga completo contra o forte Central no calor da torcida pernambucana em Caruaru. 

MEIO DE CAMPO

OUVIR PRESO

Presidente da CPI do Futebol, o senador Romário afirmou que pretende ouvir José Maria Marin, preso em Zurique desde o fim de maio. O Baixinho informou que não aceitará pedidos da bancada da CPI para que o ex-presidente seja ouvido em Brasília. Marin teria de pedir autorização do governo suíço para depor na CPI do Futebol. Mas Romário teme o retorno do dirigente ao Brasil.

RESPEITO NÃO VOLTOU

Emerson Sheik é sinônimo de provocação e irreverência. Desta vez, o atacante do Flamengo foi irônico ao responder pergunta sobre a rivalidade com o Vasco, atualmente na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Indagado  se o “respeito voltou”, em clara alusão ao Vasco (um dos bordões de Eurico Miranda), Sheik disse que não conhecia esse rival.

RETORNO DE JEAN

O retorno do meia Jean Chera ao Santos foi ‘bancado’ exclusivamente pelo presidente Modesto Roma. O restante da diretoria alvinegra não se envolveu na negociação que trouxe a revelação santista de volta. O dirigente ficou sensibilizado com a oportunidade pedida pelo atleta e fez de tudo para viabilizar a contratação.

CARTÃO AMARELO

Ah!!! Francão… – Continua  interditado pela Justiça  e as melhorias solicitadas não foram atendidas. Quem vem “pagando” são os tais laudos e o Estanciano que joga longe de sua torcida..

CARTÃO VERMELHO

Dinheiro do povo é para saúde, educação…  não é para manter pagamento de atleta do futebol.

GOL DE PLACA

Movimentação da torcida proletária rumo a Arapiraca, vários ônibus, na esperança do Confiança fumar o ASA e voar do rebaixamento.

 

 

 

Por: Jornal Simãodiense

BANNER_HOME- NOTICIAS-VENDE

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem